O estilo de vida urbano, cada vez mais consumista e poluente, tem contribuído fortemente para o déficit ambiental do planeta. Em 1º de agosto deste ano já consumimos todo o orçamento anual de recursos naturais, segundo a organização Global Footprint Network. Mas ainda faltam cinco meses para o ano acabar. O Dia de Sobrecarga da Terra tem chegado antes a cada ano. É o momento em que o consumo global de recursos é maior do que a capacidade de regeneração dos ecossistemas. Esses recursos compreendem os alimentos, água, florestas e emissões de poluentes, como os gases de efeito estufa, responsáveis pelo agravamento das mudanças climáticas.

As atividades humanas mais impactantes que contribuem para a sobrecarga do planeta estão relacionadas às emissões de carbono, representando 60% da Pegada Ecológica da humanidade.Dentre essas atividades, o transporte individual (carros e motos) representa 14% da pegada de carbono global, o índice que mede o impacto das atividades humanas sobre o planeta, considerando a quantidade de dióxido de carbono (CO2) que elas emitem.

No Brasil, o uso do transporte individual só tem crescido. A frota das 12 principais capitais dobrou entre 2001 e 2011: o número de automóveis passou de 11,5 milhões para 20,5 milhões. A frota de motocicletas quadruplicou, passou de 4,5 milhões para 18,3 milhões neste período. Além do impacto ambiental desse aumento, os investimentos em infraestruturas nessas cidades não acompanharam esse crescimento, resultando em dificuldades para absorver essa frota e problemas de mobilidade urbana.

O planejamento das cidades tem grande importância na formação da nossa necessidade de transporte individual. De igual relevância, está a priorização de outros meios de transporte em detrimento dos carros e motos. Por isso, a oferta de transporte público de qualidade, eficiente e menos poluente, bem como a ampliação de ciclovias são algumas maneiras de reduzir nossa pegada ecológica no planeta. Lembrando que é uma conta que não fecha: não temos 1,7 planeta para sustentar todas as nossas demandas, que corresponde à necessidade atual da humanidade.

Para saber mais: https://www.overshootday.org/ (Foto: nacoesunidas.org)

*Publicado em http://www.jundiagora.com.br/deficit-ambiental/, 4 de agosto de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *