O Menino do Dedo Verde (em francês: Tistou les pouces verts) é um livro infanto-juvenil escrito por Maurice Druon em 1957.

O livro conta a história de Tistu, um garoto que não era como todo mundo. Porque não era como todo mundo, não foi aceito na escola. Por isso, seus pais resolvem educá-lo a partir da vivência e do contato com as pessoas, com as coisas e com o mundo ao seu redor. É durante uma dessas aulas que Tistu descobre que possui um dom especial capaz de espalhar alegria e beleza por onde passa.

Tistu tem o dedo verde e onde quer que ele encoste, nascem flores! A partir de então, ele percebe que um mundo mais bonito e florido é capaz de amenizar a miséria, levar alegria a hospitais, levar esperança a desesperançados e inclusive, acabar com guerras!

Com lirismo e humor, o livro passa mais do que uma mensagem de amor e respeito à natureza. Nos leva à reflexão sobre como esse mundo poderia ser melhor do que é e a responsabilidade que todos temos frente a essa mudança. Leitura obrigatória para todos, adultos e crianças.

“- Em que é que você está pensando, Tistu?
– Estou pensando que o mundo podia ser bem melhor do que é.”

One thought on “O menino do dedo verde”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *